Comunidade Socorrista
Uma bela história de uma formanda nossa do Resgate e Socorro do RS
Final do dia 27 e inicio do dia 28 de janeiro... hoje, o dia todo, um filme passou pela minha cabeça, um dia histórico para o meu aprendizado e um dia que será lembrado sempre com muita dor para milhares de famílias...

A um ano eu me preparava para um teste de resistência, de garra, para vencer meus maiores gigantes... Mas aquilo que era para ser apenas um curso, muito desafiador, é claro, mas ainda assim apenas um momento para aprender técnicas e praticas profissionais, se tornaram muito mais do que isso...

Nesses 3 dias de campo fomos testados de todas as formas, físico e mentalmente, ao mesmo tempo em que éramos incentivados a não desistir nunca, a lutar por nossos objetivos, a valorizar uma vida, a honrar uma equipe, a nunca deixar um parceiro para trás, compreendemos que não importa o tempo que levamos para chegar a reta final, mas a forma que chegamos e as pessoas que mantemos ao nosso lado por todo o caminho... Compreendemos que para uma vida cada segundo é valioso, cada erro é fatal e o mostro do qual tememos mora dentro de nós mesmos, na vida a maior batalha é contra os nossos sentimentos, é preciso gerenciar o próprio medo, enganar o cansaço, controlar o desespero, engolir o choro e fazer aquilo que devemos fazer da melhor maneira que pudermos... e no meio daquilo tudo, quando vencemos o cansaço, a dor, a fome, o sono, quando passamos pela ultima prova tivemos a triste notícia de que enquanto treinávamos no escuro, no meio da mata, das bombinhas vencendo os nossos próprios limites em uma SIMULAÇÃO, profissionais como nós, viviam uma situação real em St. Maria, uma situação em que as vidas em risco eram muitas vezes seus amigos ou familiares e o pânico e a falta de prevenção fizeram um grande numero de vitimas, Jovens, sonhadores, lutadores assim como muitos de nós com um mundo inteiro para conquistar...

Senti naquele momento a dor de cada vida que se perdia entre a fumaça, pisoteada, ou sentindo o calor das chamas, sofri por cada pessoa q saiu dali vivo e deixou lá dentro a sua coragem de viver ou algum amigo q pedia por socorro, por cada familiar q hoje sente saudades...

E principalmente me imaginei em cada profissional que lutava para que aquelas pessoas pudessem viver, colocando as suas vidas em risco, os seus medos no bolso, correndo na direção contrária, buscando encontrar um coração que ainda batesse...

Desde então uma frase me acompanha "so others may live", e isso me deu forças para querer, para lutar por um sonho de muito tempo, para lutar por um sonho que eu considerava impossível, mas que hoje já tem forma e anda ao meu lado... Vida por vida, assim, dando o máximo por aqueles que precisam de uma vida que saiba o que fazer para salvar a sua... Não existe uma vida que seja mais importante do que a outra, elas são únicas e iguais, todas devem ser protegidas, resgatadas, toda a vida merece o direito de viver...

Hoje o meu sonho tomou forma, a minha vontade contagiou, a minha família me abraçou e tudo esta acontecendo no tempo certo, no tempo de Deus, hoje vejo os meus pais e minha irmã se preparando para esse mesmo treinamento que eu fiz a um ano atrás contagiados pelo valor de uma vida, e só desejo que eles sintam o mesmo que eu senti...

E quanto ao meu sonho, só peço que ele não caia na rotina, que eu possa fazer a diferença que procuro, que a vida seja valorizada e tratada da forma que ela merece, ou então que eu desista e não ponha outras vidas em risco!

29/01/2014 - Notícias
Mafraweb - Desenvolvimento de sites e soluções web